terça-feira, 20 de agosto de 2019

Na proa

Vou partir sem destino
vou entrar em mar alto
navegar no teu corpo
controlar teu mastro,
e de forma ágil,
despir te das tuas velas
e assim atravessar,
esse mar que nos rodeia.
vou sentir a brisa da tua água
no meu rosto, água salgada.
Vou içar as tuas velas
para outro rumo tomar
vou velar por tempestades
e à margem vou chegar
vou atracar no teu porto
e ai sossegar e adormecer
vou descansar,
isto se o mar estiver calmo
e não me desassossegar...
Vou sentir teu corpo,
E ali, mesmo ali
em plena proa,
vou-te Amar.
Saudade



terça-feira, 6 de agosto de 2019

Segredo

Vou contar-te um segredo...
O mundo gira,
dá voltas e mais voltas
e nessas voltas, aprendi
da maneira mais estúpida.
que a saúde é a coisa mais importante que temos
que de um momento para o outro
não somos nada.
que é necessário força para ultrapassar
que nem todo os que parecem são
amigos de verdade.
E ai, quando percebes que superas-te
não queres continuar ali.
Queres ser livre, queres verdadeiramente viver
tudo aquilo de que tu próprio te privaste.
e nesse momento percebes
há pessoas que te foram muito
e afinal não são nada
há pessoas que cruzaram a tua vida
apenas para te mostrar como não deves ser
há pessoas que só te ensinaram a sofrer.
mas também há pessoas que te ensinaram
que é possível, sim é possível
Voltar a AMAR.
Voltar a acreditar
que é bom estar com alguém,
é bom nos entregar-mos
Tantos anos para te sentir
para verdadeiramente, querer, pele na pele,
lábios nos lábios, corpo no corpo....
Por mais que me tente convencer
que não te quero na minha vida
vou contar-te um segredo....
Amo-te e sim é o que mais quero
É ter-te aqui, na minha vida...
e sim desejo-te, como uma adolescente.
Saudade


quinta-feira, 25 de julho de 2019

Distante

Noites longas
Noites vazias
A casa transforma se num mar
gigante, sem fim
Quando não estas aqui
Embora feliz, penso em ti
sinto-me bem sozinha
mas não se compara a ter-te ali
Ali a meu lado.
Como te desejo
Como te quero
Estas tão distante
Quando voltas aqui
Ao meu corpo
À minha pele
À nossa cama
Ao nosso cantinho de sonho
Adormecer no teu peito
Sentir o teu corpo suado
Os teus beijos salgados
Olhar nos teus olhos
Hemm é bom demais
Ter te em mim
Saudade



quinta-feira, 18 de julho de 2019

Sonhar

Adoro noites como esta
A lua mostra toda a sua beleza
A lua ilumina o jardim
Vens de mansinho
E chegas até mim
A felicidade reflectida nos meus olhos
Porque através da lua vejo te chegar
Os pensamentos apoderam se de mim
Como te desejo
como te quero
como sonho contigo aqui ao luar
Sentados na relva a olhar o infinito
Aqui somos só nós e a lua para testemunhar.
Testemunhar o nosso amor
Que ela própria vai guardar
Vejo bem, estás feliz
É maravilhoso nos teus braços estar
Vem, hoje a lua guarda nos
Com o seu brilho invulgar
Acordei no momento em que te amei
E descobri
Estava apenas a sonhar
Saudade

terça-feira, 9 de julho de 2019

Triste Realidade

Triste realidade,
vivemos numa sociedade
em que o lema é
Salve se quem puder
em que se vive a ver quem faz menos
em que se olha para o trabalho dos outros
mais que para o próprio
Faz-me confusão esta forma de trabalhar
Não fui assim ensinada
antes pelo contrário
cada um com suas responsabilidades
se queres um ordenado tens de o merecer
objectivos a cumprir
só assim há prémios  .
Quando um tinha tempo livre,
ajudava o outro,
porque acima de colegas,
havia amizade,
Havia alegria no trabalho
Havia brincadeiras, porque como havia entre ajuda
                                                                                    o tempo dava para tudo, a todos.
Hoje não vejo nada disso
ao fim do mês só interessa o ordenado
e não se o trabalho esta feito ou não
cada um faz o que quer
e ainda sobra tempo
para criticar e falar mal dos outros
os que trabalham ficam com o trabalho
os que nada fazem
ficam com os louros e ainda riem dos que fazem
trabalha-se sem grande gosto
apenas porque o ordenado faz falta
Amizade??? Apenas para ter mais que falar
para apunhalar pelas costas
para fazer menos e seguir para cima.
cada vez se gosta menos do que se faz
cada vez mais se trabalha por obrigação
e não por gosto como devia ser.
Assim é a realidade de hoje...
Saudade


segunda-feira, 1 de julho de 2019

Rumo a ti.

Quando tudo vai pôr água abaixo
Quando tudo parece desaparecer
Quando sentes o mundo a teus pés
Quando tudo te escorrega das mãos
Como a areia seca.
Quando chegas ao fundo
Aprendes a erguer te sozinha
Aprendes a seguir em frente
Aprendes a não contar com ninguém
Aprendes a ser feliz contigo mesma.
Aprendes a gostar do silêncio
E nesse momento percebes
Nada é mais importante que tu mesma
Nada mais te vai mudar
Aprendes a viver com o que tens
E quando menos esperas
Percebes que és mais feliz assim
Com pouco, com poucos
Mas os mais importantes
Hoje sou mais feliz do que ontem
Amanhã espero ainda ser mais
Porque aprendi a não deixar
A minha felicidade nas mãos de ninguém
Apenas eu posso velar este barco
Apenas o vento pode mudar a direcção.
Mas acredito que se a mudar
Vai ser rumo a ti.
Saudade

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Escrever-te...




Hoje vou escrever te
Porque escrever te é como fazer amor contigo.
Sentir cada centímetro do teu corpo
Conhecer cada curva do teu sorriso
Desejar cada palavra que te compõe
Hoje vou escrever-te
Porque escrever-te é como sermos um só
Sentir cada ponta dos teus dedos
Saborear a fragrância do teu cheiro
Hoje vou escrever-te
Porque escrever-te é amar
Cada sorriso dos teus olhos.
Saudade