terça-feira, 14 de maio de 2019

Fátima

Estamos num mês por si lindo
Acabou uma semana especial
Para quem vive estes momentos
para quem caminhando, procura a paz,
procura com fé a calmaria.
O que move estes peregrinos
o que os leva aquele lugar
aquele que é o Santuário,
o altar maior de Portugal.
Aquele ou a qualquer outro
onde celebrem esse dia.
Porque para mim tem um sabor especial,
o dia 13 de Maio.
Porque também sei o que é caminhar
dias a fio, quilómetros sem fim
debaixo de chuva ou sol,
para aos pés da Senhora chegar
Com alguma Saudade,
de àquele sítio voltar,
mas ao mesmo tempo com a alegria,
de a servir, e a carregar.
O que me move para isso,
É algo que não sei explicar.
Sei apenas,
que um dia quero voltar.
Para a seus pés descansar,
e ai a paz interior encontrar.
Saudade


terça-feira, 7 de maio de 2019

O fogo que é amar

Custa a reerguer das cinzas em que nos tornamos.
Um pau que arde, jamais volta a ser o mesmo
uma pessoa ferida, por mais que a ferida cure,
jamais volta a ser ela mesma.
Quando as decisões são difíceis de tomar,
quando nem sabemos se são as melhores.
Quando parece que o céu vai desabar,
como somos pequeninos nesses instantes.
A maior dor não é perder,
é ter perto e não poder ter,
é estar ao lado, e não tocar,
é olhar ao redor e encontrar teus olhos
fixados em mim e ter de desviar o olhar,
é querer abraçar e em vez disso me afastar.
É amar-te e ter de disfarçar.
Isso sim é uma dor maior.
Por mais momentos que vivamos juntos
Existirá sempre este vazio....
De te amar e não te ter.
Saudade


sexta-feira, 26 de abril de 2019

Até sempre...

Partiste,
fisicamente sei disso,
pois nos corações de quem te ama ,
viverás para sempre
um corpo deitado à terra,
uma alma elevada ao céu.
Também tu viveste a tua liberdade
a liberdade do sofrimento.
Fazes-lhe tanta falta..
Olha por ela
que tanto vai sentir,
a tua partida.
Até sempre.
Padrinho
Saudade

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Coração apertado.

Porque também sabe bem escrever,
quando temos o coração apertado.
Quando no verdadeiro sentido
sentimos o peso da solidão,
Quando sentimos que ali não é o nosso lugar.
Quando sentimos que os problemas
pesam demais.
Quando sentimos que vamos cair,
que falta algo para nos erguer
e parece que falta tudo,
porque um abraço faz falta
um sorriso, um olhar,
Porque o corpo sente-se cansado fisicamente,
mas a mente, essa doí.
é à mente que tudo falta,
o carinho, os afectos, as palavras, os abraços.
Porque o amar e ser amado não resolve tudo.
de que me adianta saber que me amas,
se não te tenho a meu lado.
se quando preciso de um abraço,
preciso fugir dele.
se não devo gritar ao mundo que te amo,
e sair à rua com o sorriso que me provocas,
se nem amigos normais podemos ser.
Que turbilhão na minha cabeça,
mil e uma controvérsia no meu coração.
O coração diz, vai
a cabeça diz, não podes.
Vamos vivendo os momentos que a vida nos proporciona
com toda a intensidade que os mesmos têm.
Saudade


segunda-feira, 8 de abril de 2019

O ontem o hoje o amanhã

O ontem
O hoje
O amanhã
Cada dia com o seu mistério
Cada dia vivido como sendo o último
O ontem, a rotina impõe se,
o dia acaba com surpresas.
O hoje, vive se na esperança,
e o inesperado acontece.
 É sempre muito bom
Estar ao teu lado
Poder ter te, sentir te
Entregar me a ti
Sentir que és meu
No verdadeiro sentido da palavra.
É sempre fantástico
A entrega mútua
O desejo que nos une
É sempre relaxante
O final desse momento
Os momentos que se seguem à entrega.
O amanhã
Esse amanhã
Ninguém sabe se lá chega.
Por isso, deixa e vem viver o hoje.
Vem ser feliz
Vem viver o momento
E abraçar me bem forte.
Quero-te aqui.
Onde somos felizes
Saudade


quarta-feira, 27 de março de 2019

sonho ou pesadelo...

Um sonho,
o tempo passa
mil ideias passam pela cabeça,
milhões de medos nos abraçam.
Mas um dia o sonho vira realidade,
primeira reacção, felicidade
um amor maior.
De um momento para o outro,
esse sonho, sem nada dar a entender
vira um pesadelo.
O céu desaba, um buraco bem fundo se abre.
Algo inesperado, do qual pouco se sabe.
Um dia passa, e outro, e outro
nada de novo nos contam,
apenas a certeza que não percebemos o que nos rodeia,
que não sabemos bem o que fazer.
uma opinião, não muito animadora,
mais outra, que nada traz de novo.
Sem saber bem no que acreditar.
O coração diz,
vai ficar tudo bem,
a cabeça reforça,
uma dificuldade de cada vez,
e acreditar, que a esperança é a ultima a morrer.
Vai valer a pena, os pequenos passos a dar,
temos que acreditar, temos de erguer a cabeça
dar voltas e voltas e tentar outra solução,
é essencial não desistir.
Não deixar morrer o que vos une.
há um ombro amigo, para nos amparar,
para nos secar as lágrimas que teimam rolar,
para não nos deixar cair.
um tropeço, levanta-te e segue,
assim é a lei da vida.
Alguém necessita igualmente do apoio, do amparo,
e para isso necessitas estar bem.
Os amigos é para isso que servem
para nos amparar e ajudar a acreditar
Que vai valer a pena lutar.
por esse amor maior.
E ter a certeza
aconteça o que acontecer,
Será sempre..... sempre.....
O TEU AMOR MAIOR...
Beijo de....
Saudade


terça-feira, 19 de março de 2019

Palhaçada

O sol brilha,
uma brisa fresca no ar,
a primavera aproxima-se a passos largos.
as flores começam a abrir,
a deixar no ar o seu perfume.
Os pássaros ouvem-se mais alto,
apetece vaguear pelos campos em festa.
É tão belo tudo o que me rodeia,
mas parece tudo tão falso.
As pessoas parecem um embuste,
parece que vivo num circo,
em que é feito, na maioria de palhaços.
Por vezes fazem-me rir
das palhaçadas que inventam,
outras fazem-me chorar,
por ver o quão tristes são,
o quão vazia é a sua vida.
Para terem de viver à sombra da dos outros,
por trás dessa máscara de palhaços.
Uma salva de palmas aos palhaços que
vivem no circo que me rodeia.
Saudade