terça-feira, 17 de março de 2020

Sabor

Que sabor tem o amor?
Que sabor tem o sexo?
Que sabor têm os dois juntos?
Porque quando se ama o sexo tem outro sabor.
Porque para mim o amor tem o teu sabor
O sexo tem o teu sabor
E porque o sexo contigo,
não é sexo, é amor.
Porque longe o sabor é diferente
A ausência leva o amor
Porque sem esse sabor o amor não vale nada
Porque sem sexo o amor não vale nada
Porque eu sem ti nada sou
Quero te, com o teu sabor
Quero o teu amor
Quero o sabor do teu sexo em mim
Saudade




sábado, 29 de fevereiro de 2020

O teu mundo

E quando o teu mundo desaba?
E quando o que queres que seja teu não é.
E quando nada faz sentido
E quando te sentes sozinha
E quando a companhia é a solidão
E quando ris de ti mesma
E quando tudo parece em vão
O que fazes?
Levanta a cabeça
Lavanta te desse sofá
Toma um banho de água quente
Veste uma roupa gira
Usa o teu perfume
Põe um sorriso na cara
E sai de casa
Vai te encontrar com quem desejas
Passem horas a conversar
A se olhar, a se beijar
E num abraço prolongado
Digam palavras doces um ao outro
Entrem no vosso esconderijo
E se amem como se o mundo fosse acabar
Como se não houvesse amanhã
E aí tudo fará sentido
E aí tudo será perfeito
E aí tudo o que desejais , é vosso
E aí tu é amor e felicidade.
Saudade


sábado, 15 de fevereiro de 2020

A tua deixa....

A tua deixa
Falta o que me faz escrever
O beijo na testa
Os lábios na pele
O arrepio que não é de frio
O corpo no corpo
Os olhos nos olhos
Falta de facto algo
A presença, o olhar
As palavras.
Falta tudo o que me faz escrever
Não sinto solidão.
Não sinto tristeza
Está longe, apenas isso
Está longe quem me faz escrever
Logo logo voltamos a estar juntos
E aí é desejo, é prazer
E volta a vontade de escrever.
Até o tempo é estranho
Sem ti aqui
Os dias parecem meses
O meu corpo necessita te
O meu ser deseja te
Preciso de ti aqui
Para o sorriso não ser só de bem estar
Mas de felicidade plena.
É tão único o que vivo contigo
E tão genuíno o que nos une.
Saudade

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Oposições da vida.

Nem tudo o que parece é
nem tudo o que nos move, é incentivo
nem tudo o que nos doí, é ferida
nem tudo o que nos dizem, é sincero
nem tudo o que desejamos, se realiza
nem tudo o que queremos, temos
nem todos os que se dizem amigos, o são
nem todos os abraços são sinceros
nem todos os beijos são doces
nem todas as lembranças nos fazem sorrir
nem todos os sentimentos podem ser vividos

Porque eu te quero e não te tenho
porque eu te amo e não és meu
porque eu quero o teu corpo e não o alcanço
porque eu desejo os teus beijos e não te vejo
porque eu te quero a meu lado e estás cada vez mais longe
porque o que nos une, não é importante o suficiente
para te trazer para aqui.

Sei que me amas, mas faltam-te as forças
sei que me queres, mas há algo maior
sei que desejas o meu corpo, mas não te é possível
sei que vives num turbilhão, mas não consegues ver a resposta.
sei que vais fazer a escolha certa, nem que isso te magoe
sei que vais ter o tempo suficiente, para viveres o que desejas
sei que um dia os nossos corpos se vão unir
e viver o que sempre desejaram, e continuam a desejar
Porque nos amamos...
Saudade

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

As palavras...

As palavras,
Para que servem?
Para elogiar, para se declarar,
Ou apenas para magoar.
O que leva alguém a usa las?
As palavras?
A loucura, o amor,
O ódio ou apenas o egoísmo.
As palavras
Sim aquelas que dizem tudo,
E aquelas que não dizem nada.
Os gestos, o olhar
Esses sim, dizem tudo
Sem uma única palavra
E os que tenho para ti
Só sabem dizer que te amo
Disso não restam dúvidas
Se te quero aqui
Os gestos assim o dizem
Adoro ter te, dar te prazer
Fazer te surpresas
E para isso
Não necessito de palavras
O meu corpo no teu
Gesto perfeito, carregado de palavras mudas.
Ouve as palavras que o meu corpo
Tem para te dizer depois de estar no teu.
Palavras, leva-as o vento
Gestos deixam marcas.
E tu deixas-te uma bem funda
o teu nome, a tua imagem
No meu coração.
Amo-te.
Saudade



segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Malvado do teu corpo

Ai o malvado do teu corpo
Sim é um malvado
Porque o desejo
Porque o quero
Porque preenche o meu
Ai o teu beijo
Que tanto o anseio
O teu abraço
Que o meu abraço quer
Ai o malvado do teu corpo
Que me sacia a fome e
me mata a sede de ti
Como é bom estar no malvado do teu corpo
Esse malvado que tanta falta me faz
É delicioso entregar me a ti
Estar nos teus braços
Enrolada nesse malvado corpo.
Tanto o adoro como o odeio
Por nao o ter sempre que desejo.
Mas quando nos temos
Reina a paz e serenidade.
É puro prazer mútuo
Adoro te mais que ontem
Menos que amanhã.
Saudade


sábado, 28 de dezembro de 2019

Os dias

Os dias,
Uns passam sem nos dizerem nada
Outros nos dizem tanto
Hoje é um dia que ja me disse muito
Hoje nao me diz nada
Durante alguns anos era tanto
Hoje apenas a lembrança
Do que foi e deixou de ser
Uma lembrança boa
Nao digo o contrário
Pois foi um dia feliz
Um dia que valeu a pena viver
Hoje sigo em frente
De cabeça erguida
O passado nao tem nada de novo
O presente é o agora
O futuro é incerto
Só o presente me interessa
Só o agora me pode fazer feliz
Não vou esperar por amanhã
Para viver o agora.
Não vou deixar para depois
Se posso amar te no presente.
Nao vou deixar que me roubem o sorriso
Se foi no passado que o encontrei
Mas é o agora que me faz sorrir.
Não vou carregar o peso do passado
Se o hoje é leve e suave
Porque te tenho a meu lado
Mesmo nao estando físicamente
Sei que estás aqui no meu coração
Amo te hoje e agora.
Desejo te hoje e sempre.


Assim como não vou esperar
Por dia 31 de Dezembro
Para vos desejar a todos
Um excelente Ano
Muita paz, saúde e felicidade...
Sejam felizes
Hoje e sempre
Saudade

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Natal....

O natal...
Estar com a família
Estar com quem se gosta
Dividir com os amigos
Sentir se feliz
Porque o que nos une
É o mais importante
A amizade e o amor
Há anos que o natal
Não tinha este sabor
Finalmente juntos
À mesa, o verdadeiro amor
A dividir o que de melhor
Nos une, o amor
Que melhor presente para dar
A quem amamos de verdade.
A nossa presença.
É preciso perder alguém
Para encontrar os que faltavam
Que possamos viver momentos felizes
Por muitos anos.

Aos azedos, aos cobardes
E aos que vivem infelizes
Com a vida e nao dão valor
À felicidade dos outros...
Um santo natal, experimentem a ser felizes e a vão perceber....
A vida é realmente bonita
De ser vivida.
Saudade

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Vinho meu.....

Esta saudade de ti
Como digo ao corpo,
Que nao nos podemos ter.
Como explico a pele,
Que nao vai ter a tua.
Como é que os meus lábios,
Vivem sem os teus.
Como é que sigo em frente,
Sem o teu toque.
Se és o vinho que me mata a sede,
E és o bolo que me mata a fome.
Se o copo meio vazio nao vale nada
E a fatia se nao for completa nada vale
Se a minha alma sonha contigo
E o meu físico diz que necessita de ti
Gosto te
Quero te
Necessito te
Volta, a nossa cama espera te
O nosso esconderijo está ali
Vou acender a lareira
Vestir a melhor langeri
E esperar te deitada
Nos lençois de seda
Sentir te nos meus braços
Sem pressa nem hora
Que bom é saber que és meu
Saudade


segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Outras paixões...

Sem tempo para escrever...
Por outras paixões....
Mas as saudades fazem me sempre voltar....
Beijo
Saudade